Protagonismo social


Felipe Mello desenvolve uma série de atividades sociais desde o início de sua vida adulta. Participou de movimentos estudantis, campanhas de mobilização em empresas privadas nas quais trabalhou e, desde 2002, atua na direção da ONG Canto Cidadão, em parceria com Roberto Ravagnani, ambos fundadores da instituição. 
Ainda na área social, Felipe Mello é Conselheiro do Instituto Filantropia, voluntário há 12 anos das Casas André Luiz e integrante do Comitê da ONG Brasil, maior evento intersetorial da América Latina, que reúne todos os anos 500 ONGs, representantes do governo e iniciativa privada.


Voltando ao Canto Cidadão, atividade social de maior relevância de Felipe Mello, a sua fundação se deu pela crença no poder da arte e da comunicação também para a sensibilização de pessoas para o exercício da cidadania.
A organização desenvolve diversos programas sociais, a saber:

Doutores Cidadãos

Grupo de voluntários palhaços treinados pelo Canto Cidadão, que visitam 20 hospitais públicos da Grande São Paulo, com especial atenção para o público adulto e idoso que frequenta os hospitais.

Cursos gratuitos de inglês e espanhol

Desde 2011 o Canto Cidadão oferece cursos gratuitos de inglês e espanhol, para jovens e adultos que não podem pagar um curso em uma escola particular. 

Cursos gratuitos de informática
Desde 2011 o Canto Cidadão oferece cursos gratuitos de informática profissionalizante, para jovens adultos que não podem pagar um curso particular. Ao final do curso, os participantes são encaminhados para entrevistas de emprego. 

Em todos os Cantos

Programa social que organiza e realiza eventos na Grande São Paulo e expedições sociais para diversas localidades do país (e outros países da América do Sul), com o propósito de realizar eventos de sensibilização, informação e capacitação, assim como visitas de apresentação do trabalho. Na Grande São Paulo, já foram realizados mais de 1500 eventos, e o Canto Cidadão já levou suas ações para 27 estados brasileiros, assim como outros países sul-americanos: Argentina, Chile, Peru, Uruguai e Bolívia.

Arte em todo Canto - Teatro para Hospitais
Em 2008, o Canto Cidadão começou a levar peças teatrais a hospitais públicos. Desde então, já ofereceu e ainda oferece espetáculos apresentados por profissionais e também pelo grupo de teatro amador da organização, formado por voluntários que passam por um longo processo de preparação. 

Arte em todo Canto - Teatro para Escolas Públicas
A organização também oferece teatro profissional gratuito a crianças de escolas públicas e de ONGs. Desde 2008, aproximadamente 40 mil crianças já foram beneficiadas por este projeto. 

Arte em todo Canto - Coral para Hospitais
O Canto Cidadão também treina voluntários para levarem canto coral a hospitais públicos da Grande São Paulo.

Nas ondas do Rádio
Desde 2002, os fundadores da organização (Felipe Mello e Roberto Ravagnani) produzem e apresentam um programa de rádio na Rede Boa Nova de Rádio (AM 1450 kHz). Os temas principais são o desenvolvimento humano, o equilíbrio social e as relações interpessoais, com alcance nacional por sistema de satélite, chegando a pelo menos 500 cidades brasileiras de todos os estados. Como o programa também é transmitido em tempo real pela internet, ouvintes de outros países também têm acesso ao seu conteúdo.

Importante
Os programas sociais do Canto Cidadão são essencialmente mantidos e ampliados a partir das atividades profissionais dos seus diretores-fundadores. Sendo assim, ao contratar Felipe Mello uma palestra, apresentação de vídeo, apresentador de eventos, locutor, ator ou escritor, o contratante estará ajudando diretamente as atividades sociais do Canto Cidadão.  


Vídeos que apresentam algumas atividades do Canto Cidadão





Galeria de fotos de atividades sociais